O verão vem a caminho e a primavera,apesar de chuvosa, tem trazido bons dias de praia. Depois do estado de emergência e ainda em pleno estado de calamidade os portugueses, entre os quais me incluo, começam a pensar na praia, nos banhos de sol e nos passeios à beira mar e desesperam porque na maior parte das praias podem circular, mas não assentar as toalhas no areal. Apesar de, em muitos casos estarem sozinhos. Vem sempre e bem, a polícia fazer o seu papel pedagógico e pedir para nos movimentarmos.